Suporte on-line.

mar 30, 2020 by

Sobre o Prof. Dr. José T. Thomé. Psiquiatra e Psicoterapeuta especialista em situações de crises e transtornos da contemporaneidade; Membro do Corpo Clínico do Hospital Sírio-Libanês; Coordenador do Curso Psicoterapia e Intervenção Psicodinâmica em Situações de Crises – Estresse e Trauma, no Instituto Sedes Sapientiae-SP; Presidente da Unidade Brasil da Rede Ibero-Americana de Ecobioética – Cátedra UNESCO de Bioética; Presidente da Secção Psiquiatria em Crises e Desastres da Associação Mundial de Psiquiatria (WPA na sigla em inglês); Consulte informações sobre o Dr. Thomé – AQUI Conheça o curriculo do Dr. Thomé – AQUI Horários. Para informações sobre horários disponíveis para atendimento psicoterápico à distância (on-line), por favor, entrar em contato através do telefone: (11) 3661-7222. Ferramentas para comunicação à distância. Excepcionalmente, devido à recomendação de isolamento social preventivo sugerido pela OMS, o Dr. Thomé...

read more

SEDES SP – Curso de Aperfeiçoamento....

dez 18, 2018 by

“PSICOTERAPIA e INTERVENÇÃO PSICODINÂMICA em SITUAÇÕES de CRISES – STRESS e TRAUMA” O Curso de aperfeiçoamento que eu ajudei a organizar e coordeno no Instituto Sedes Sapientiae de São Paulo, está com INSCRIÇÕES ABERTAS até a primeira quinzena de fevereiro. Este curso é credenciado pela Secção de Psiquiatria dos Desastres da Associação Mundial de Psiquiatria (WPA, na sigla em inglês), pela Rede Iberoamericana de Eco-bioética – Cátedra UNESCO de Bioética, e pelo Doutorado Internacional de Investigação sobre o Disruptivo, desenvolvido em Buenos Aires, pela Rede Iberoamericana de Eco-bioética e Universidade Salvador. OBJETIVOS do CURSO Fundamentado conceitualmente nos estudos psicanalíticos para a compreensão do funcionamento mental em Freud, Ferenczi, Klein, Winnicott e Piera Aulagnier, compreendidos pelo modelo de Benyakar, para o evento disruptivo que poderá provocar stress e/ou trauma. Através de uma leitura psicodinâmica, o...

read more

#StatusOfMind

jul 20, 2017 by

Estudo investiga influência das redes sociais sobre Saúde Mental dos jovens. A Sociedade Real para Saúde Pública (RSPH, na sigla em inglês), da Grã-Bretanha, e o “Young Health Movement”, publicaram um novo relatório, #StatusOfMind, sobre os efeitos positivos e negativos das mídias sociais sobre a saúde dos jovens. Através de uma enquete online, feita com mais de 1.450 pessoas com idades entre 14 e 24 anos, a RSPH, avaliou os aplicativos YouTube, Instagram, Snapchat, Facebook e Twitter em quesitos como imagem corporal, ansiedade, depressão, solidão e bullying. O relatório inclui uma lista em que indica as plataformas de redes sociais de acordo com o seu impacto na saúde mental dos jovens. E nessa edição, o Instagram foi considerado o pior quando se trata de impacto negativo para os jovens, enquanto o YouTube apresentou aspectos...

read more